sábado, 24 de março de 2012

Fiji não dá chances à Papua Nova Guiné e está na final do Pré-Olímpico!

  Por João Victor Gonçalves


  A esperança do povo fijiano de ver as cores de seu país sendo representadas nas Olimpíadas de Londres segue viva. Com um futebol objetivo e ofensivo, os garotos fijianos não deram chances à seleção papuásia, batendo os adversários por 3-0 e assegurando vaga na decisão do Pré-Olímpico, onde os alvinegros terão pela frente a forte seleção neozelandesa.


O capitão papuásio Roland Bala (13) mostra disposição ao marcar atleta fijiano


  Após pressionar o quadro vermelho desde os primeiros minutos de jogo, Fiji chegou a seu gol por meio de uma penalidade: o arqueiro Warisan derrubou Draunibaka na área e, no tiro penal, o capitão Esava Naqeleca abriu o placar para os comandados de Imdad Ali. O gol assustou os meninos da Papua Nova Guiné, que se lançaram ao ataque de forma desorganizada, permitindo boas descidas do ataque alvinegro. Graças às boas intervenções de Draunibaka, a vantagem mínima a favor dos fijianos permaneceu até o intervalo.


Torcedores fijianos acompanham atentamente o duelo de sua seleção no Owen Delany Park, em Taupo, Nova Zelândia


  Na volta para a segunda etapa, o comandante papuásio Frank Farina apostou na entrada de Komolong no lugar de Dabingyaba. Mas os planos do treinador australiano foram por água abaixo aos 15 minutos, quando Roland Bala derrubou Salauneune na área, proporcionando um segundo pênalti aos fijianos. Na cobrança, Naqeleca bateu forte, de maneira indefensável para Warisan, praticamente assegurando Fiji na final do Pré-Olímpico.


Salauneune (14, Fiji) se esforça para tentar alcançar a bola antes que o arqueiro Ronald Warisan (20, Papua Nova Guiné)


  Apesar da vantagem no placar, o quadro alvinegro não se acomodou e partiu para o ataque em busca de mais gols. Aos 26, o camisa 10 Zibraaz Sahib subiu mais alto que a defensiva vermelha para anotar o terceiro tento de Fiji. O terceiro gol encerrou definitivamente quaisquer possibilidades de reações da seleção papuásia, que ainda viu o adversário chegar com perigo nas jogadas de bola aérea. Dominando a partida, Fiji apenas esperou o apito final de Bertrand Billon para celebrar a vaga na decisão, que premia a seleção que vem mostrando o melhor futebol até agora nesta edição do Pré-Olímpico.


Confira os melhores momentos da bela vitória fijiana sobre os papuásios


  Na decisão, os "Cibi Boys" tentarão mostrar que a técnica do futebol fijiano ainda se sobrepõe ao futebol pragmático, mas eficiente, da principal seleção da Oceania no futebol atual, a Nova Zelândia. Com a torcida de um país órfão de títulos importantes nos últimos anos, os comandados de Imdad Ali querem surpreender os anfitriões neozelandeses e carimbar o passaporte rumo a Londres!


  Fonte das Imagens: OFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário